Auditoria Interna Bancária Nível I – Módulo Base

ENQUADRAMENTO

Nos últimos anos, em consequência da globalização, do acréscimo de concorrência e de exigências de simplificação processual e operativa, as condições de funcionamento dos Bancos têm mudado de forma significativa.
Todavia, essas mudanças nem sempre ocorreram de forma linear e segura.
 
Neste contexto de mudança, torna-se ainda mais necessário que os Bancos disponham de Auditores Internos persistentes, preparados, objetivos e imparciais. Acima de tudo, torna-se necessário que a Auditoria Interna seja atuante e que seja capaz de desenvolver uma atividade efectiva nos domínios da verifi cação processual, do aconselhamento e da consultoria.
 
A Auditoria Interna é parte integrante do processo contínuo de monitorização do Sistema de Controlo Interno dos Bancos e assiste a Gestão de Topo e Administração no efi ciente e efi caz desempenho das suas responsabilidades, dado que fornece uma avaliação independente da adequação e conformidade das políticas e procedimentos em vigor.
 
Neste contexto de grande mudança, estar preparado significa garantir desempenhos mais equilibrados e competentes, como forma de acrescentar valor à organização.

DESTINATÁRIOS

  • Auditores Bancários e Informáticos em início de carreira;
  • Auditores Bancários com experiência profissional (até 3 anos);
  • Funcionários Bancários com responsabilidades ao nível do Controlo Interno;
  • Informáticos com atividades de suporte informático à Auditoria Interna;
  • Responsáveis por Áreas Operacionais/Operativas (melhorar o entendimento da função Auditoria Interna);
  • Outras Funções Técnicas que impliquem conhecimentos no domínio da Auditoria Interna.

OBJETIVOS

O curso visa proporcionar uma visão alargada e abrangente da função, facultar ensinamentos essenciais para uma evolução sustentada da carreira e, acima de tudo, preocupa-se em facultar exemplos concretos que ajudam a identificar e a prevenir os excessos/erros de avaliação/julgamento que podem desvirtuar atuação e a imagem da Auditoria Interna.
 
Mais concretamente, pretende-se:
  • Sensibilizar os participantes para a importância da Auditoria Interna Bancária, enquanto órgão que ajuda a melhorar o controlo e o funcionamento da empresa, que executa uma atividade de que deve resultar valor acrescentado e que contribui para a diminuição do risco e para a credibilidade e imagem das instituições perante os seus clientes;

 

  • Transmitir conceitos, princípios, técnicas, práticas e procedimentos de suporte à ação global do Departamento de Auditoria (organização interna, estratégicas de atuação, preparação dos auditores, "ferramentas" de trabalho mais usuais, regras de atuação no terreno e cuidados básicos na elaboração de relatórios, etc.).

PROGRAMA

1. Enquadramento histórico da função auditoria
2. Estrutura, orgânica e logística dos Departamentos de Auditoria Interna
3. Requisitos éticos e técnicos para o exercício da função
4. Importância da adequação e da efetividade do Sistema de Controlo Interno
5. A gestão de topo, o controlo interno, a ética e a transparência
6. Procedimentos de prevenção e de tratamento de fraudes
7. Normas de auditoria e principais procedimentos (meios, instrumentos e técnicas)
8. Suportes de trabalho (documentais e digitais) e papéis de trabalho
9. Planeamento de Auditorias (planeamento anual, seus pressupostos e detalhe)
10. Preparação de Auditorias (ferramentas, procedimentos e cuidados envolvidos)
11. Execução de Auditorias (trabalho de campo, formalização de defi ciências, etc.)
12. Principais cuidados e exigências no domínio da redação de relatórios
13. Tarefas de finalização da Auditoria (referenciação e guarda de documentação)
14. Procedimentos de acompanhamento ou de follow-up

DURAÇÃO

30 horas

ÁREA TEMÁTICA

CONTABILIDADE E ANÁLISE DE EMPRESAS

LOCAL

Lisboa | Av. 5 de Outubro, 164, 1069-198 Lisboa
Tel.: 217 916 200 | Fax: 217 977 732

CONTACTOS

  • Teresa Corales (Presencial)
Presencial